bookmark bookmark

payday loans
miguel Em Abril - 19 - 2011

Desde o dia 6 de Abril a Associação Nacional de Animação e Educação (ANAE)  está, em regime de parceria, a dinamizar uma Oficina de Expressão Plástica no Estabelecimento Prisional de Alcoentre.

Uma equipa da ANAE, liderada pelo Professor Bruno Prates, em parceria com a Direcção do EP e com a equipa dos serviços de educação, está a desenvolver um projecto de expressão plástica para reclusos.

Fazem parte da equipa da ANAE Cláudia Gil,  mestre em Ciências da Educação a desenvolver investigação relacionada com os projectos da associação e Sandra Gonçalves estagiária do curso de Educação Social da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Leiria.

A ANAE aceita voluntários que queiram participar no projecto. Os interessados deverão enviar um mail para anae_edu@sapo.pt

Nesta parceria a ANAE destaca a sua valência mais social, aliando a consolidação da Educação com as Artes. Esta parceria resulta da solicitação por parte do Estabelecimento Prisional de Alcoentre ao desenvolvimento de projectos de voluntariado no meio prisional, procurando a promoção de interesse para as duas partes. A decisão pela escolha da ANAE justificou-se pelo reconhecimento da qualidade e do dinamismo da nossa associação, demonstrado em experiências que haviam sido realizadas anteriormente.

O Projecto designado Oficina das Artes compreende a possibilidade aos reclusos de elaborarem vários trabalhos na área da expressão plástica.

Este ateliê, acaba por ser uma forma de eles darem largas a sua imaginação e realçar a sua criatividade. A entreajuda, o trabalho cooperativo, a partilha de ideias, de materiais, de opiniões, são valores que acabam por se desenvolver no decorrer das sessões.

O ateliê surge também para proporcionar aos reclusos uma certa ligação com o exterior e ainda, para que estejam ocupados e possam investir na reintegração na sociedade, permite que desenvolvam também as próprias relações interpessoais, bem como a consolidação de laços.

O ateliê funciona numa sala perto das oficinas do Estabelecimento Prisional de Alcoentre, uma vez por semana, no período compreendido entre as 15 e as 17 horas.

A presença da ANAE, na pessoa das voluntárias começa por ser a de proporcionar momentos de criação, sobre orientação, incidindo na valorização do que cada um sabe, no incentivo e reconhecimento do trabalho que os reclusos desenvolvem. É importante que eles sintam que estamos lá para trabalhar com eles, e que estamos disponíveis para ouvir as suas ideias. Procuramos que se sintam confortáveis no sentido de partilhar as suas ideias não só connosco mas com os próprios colegas e apresentem sugestões de actividades.

Leave a Reply